Recentemente, abordamos aqui sobre as vantagens que um projeto de automação industrial pode proporcionar para a indústria de uma maneira geral. Desta vez, vamos mostrar na prática um exemplo disso com um case de sucesso desenvolvido pela LGS Engenharia, na cidade de São Carlos, interior de São Paulo. O projeto de automação de uma linha de compressores, que alimentam o setor de utilidades de uma empresa multinacional centenária que opera no Brasil, tem funcionado de forma eficiente.

 

Um dos objetivos de se automatizar a linha de compressores da empresa foi fazer com que os equipamentos intercalassem seu tempo de funcionamento com períodos de parada de forma eficaz para que não ficassem sobrecarregados durante a operação e, assim, evitassem quebras. Vale ressaltar que esse setor é considerado de grande importância para o bom desenvolvimento do trabalho na linha de produção do fabricante de eletrodomésticos.

 

Automação em setor fundamental para a operação

 

É verdade que o processo produtivo da empresa pode parar de funcionar caso ocorra algum tipo de problema com a sua linha de compressores. Neste caso, então, a melhoria do processo tem a ver com a produtividade, ponto considerado chave em um projeto de automação industrial.

 

Embora números detalhados sobre a operação brasileira não sejam divulgados pela cliente, dá para ter noção do prejuízo que seria registrado caso uma linha de produção de lavadoras de roupa ou fogões, por exemplo, fosse interrompida em uma empresa que vende mais de 40 milhões de produtos por ano em 150 países.

 

Controle total da operação para evitar paradas inesperadas

 

A partir do projeto de automação industrial, que levou ao todo dois meses desde o desenvolvimento até a implantação e funcionamento plenos, todas as informações operacionais do chamado chão de fábrica ficam à disposição em tempo real em um ambiente gerencial. Atualmente é possível saber, por exemplo, os níveis de temperatura, vazão, pressão, vibração, corrente e tensão dos motores de cada um dos compressores.

 

Esses dados, trabalhados por um gestor dos processos da fábrica, são fundamentais para a manutenção e vida útil dos equipamentos. Com as informações em mãos, esse gestor é capaz de programar paradas para manutenções preventivas de forma mais precisa, evitando indesejáveis interrupções inesperadas por quebra de peças ou do equipamento como um todo.

 

Como já falamos a respeito, esse tipo de parada inesperada – que leva a uma manutenção corretiva – normalmente causa problemas à produção e, consequentemente, à lucratividade da empresa.

 

Quais os benefícios reais com um projeto de automação industrial

 

No caso específico do projeto de automação industrial para a empresa multinacional atendida pela LGS, os objetivos traçados a partir da automação dos compressores da linha de produção já foram percebidos. O projeto foi encomendado com a intenção de atuar diretamente na manutenção preventiva e no controle da atuação dos equipamentos. E as melhorias já detectadas são:

 

  1. Prevenção de paradas inesperadas por quebra de equipamentos.
  2. Programação da manutenção preventiva com dados técnicos em tempo real.
  3. Reunião de informações precisas da vida útil do compressor.
  4. Otimização do desempenho dos equipamentos (compressores).